Home Assistant Vs OpenHAB

Você está em um dilema para escolher entre um Home Assistant ou uma plataforma de automação residencial OpenHAB? Isso pode ser um desafio para você, mas iremos revelar a você a melhor escolha. Você não precisa ser um nerd de computador ou um programador para poder usar o Home Assistant ou o OpenHAB. Tudo o que você precisa fazer é ler cuidadosamente a leitura rápida fornecida e você obterá a resposta certa para a pergunta " Assistente doméstico ou OpenHAB ?"

Caso você esteja se perguntando o que são, eles são uma plataforma de automação residencial de código aberto que executa várias funções, como controlar seus dispositivos inteligentes. Eles, portanto, funcionam como o pilar da sua casa inteligente.

Aparentemente, após extensa pesquisa e experiência com base na arquitetura, na interface gráfica do usuário, nas regras de automação, bem como no número de dispositivos suportados, entre outros, conseguimos notar as diferenças, bem como as semelhanças que surgem entre o Home Assistant e o OpenHAB . Com as diferentes funcionalidades e recursos, você estará em condições de escolher facilmente o que deseja escolher.

Portanto, continue rolando a página para baixo, pois garantimos um sorriso no seu rosto ao decidir se é OpenHAB ou Home Assistant. Esse é o caminho certo para atender às suas necessidades. Isso não consumirá muito de seu tempo e esforços, então certifique-se de navegar.

Home Assistant Vs OpenHAB: Criação e Arquitetura

Quando se trata dos recursos de desenvolvimento e design dos dois, há uma diferença notável. Isso distingue o OpenHAB do Home Assistant. Para começar, o OpenHAB 2.5 é a última versão disponível, tendo emergido da versão antiga em 2010 de Kai Kreuzer. A versão atualizada vem com novos recursos incríveis, correções de bugs e outras melhorias.

Sua arquitetura é bastante impressionante, pois é desenvolvida em Java e mais como uma estrutura Eclipse Smart Home. Isso oferece a você um grande número de dispositivos onde você pode executar o sistema. Além disso, ele fornece um ambiente de tempo de execução que usa Apache Karaf junto com o Eclipse Equinox para configurar uma iniciativa Open Services Gateway.

Além disso , a arquitetura do OpenHAB possui a extensão de recursos adicionais que se acredita expandir suas funcionalidades. As interfaces de usuário intuitivas fornecem a capacidade de interagir facilmente com um grande número de coisas físicas. Isso permite mais opções de recursos do OpenHAB. Além disso, o OpenHAB possui um recurso conectável que oferece suporte a um bom número de tecnologias e sistemas diferentes, bem como a milhares de dispositivos.

Além disso, o OpenHAB é capaz de funcionar em várias plataformas como Linux , Windows e Mac OSx também. Ele também pode ser executado em Raspberry Pi, Docker, PINE64 e Synology, entre outras inúmeras plataformas. A maioria das pessoas está tendo uma boa experiência na instalação do OpenHAB no Raspberry Pi, isso também pode ser viável para você.

O Home Assistant, por outro lado, é uma plataforma de automação residencial rodando em Python 3 sob a licença Apache 2.0. É alimentado por entusiastas do faça-você-mesmo e um mundo de consertadores para garantir um controle doméstico inteligente com questões de privacidade. Ele também funciona perfeitamente em uma plataforma Raspberry Pi, como o OpenHAB ou qualquer outro servidor local.

O Home Assistant também possui um sistema operacional incrível conhecido como Hass.io. Isso desempenha um papel muito importante na instalação e atualização do Home Assistant. Como é gerenciado a partir do frontend, a interface de usuário do Home Assistant permite a criação ou restauração de instantâneos de sua configuração.

Além disso, existe a capacidade de estender os recursos do complemento Hass.io como o DNS Duck, Let's Encrypt, bem como o Google Assistant entre outros. Isso fornece as funcionalidades adicionais que são úteis com os recursos adicionais. O Home Assistant também possui vários recursos incríveis, incluindo software adicional, componentes personalizados, painéis Lovelace e muito mais.

A arquitetura do Home Assistant possui recurso de controle residencial que é responsável por coletar informações e controlar os dispositivos. Também possui Domótica que aciona comandos com base nas configurações do usuário. Além disso, está a Smart Home que aciona comandos com base no comportamento anterior.

Home Assistant Vs OpenHAB: Instalação e Configuração

O processo de instalação e configuração é bastante simples e fácil de seguir para o Home Assistant e o OpenHAB. Recomendamos que você instale o software em um Raspberry Pi, que é barato e escalonável.

Para OpenHAB, o processo de instalação consumirá entre 20 e 30 minutos do seu tempo e é muito simples. O processo de configuração geralmente é feito usando a interface da web, seguindo o guia de instalação fornecido no site.

O processo de instalação do Home Assistant é tão simples quanto o do OpenHAB. No entanto, você precisará baixar e gravar a imagem de HassBian. Certifique-se de ter uma conexão de Internet estável para que o processo seja tranquilo e sem problemas. O guia de primeiros passos é fornecido na página da Web do Home Assistant, portanto, realizar o processo de instalação seria muito mais simples com o guia.

Em termos de configuração, a versão mais recente do OpenHAB possui a IU em papel e a IU da Web. Isso permite que você execute várias configurações sem a necessidade de editar arquivos. No entanto, a IU em papel não oferece suporte a todos os recursos do OpenHAB, portanto, você precisará editar os arquivos para realizar a configuração.

O Home Assistant realiza a configuração tomando decisões em nome do usuário. Isso acontece durante a primeira vez que ele é executado, pois descobre automaticamente todos os dispositivos que estão em sua casa e os adiciona à IU. Também existe uma opção para YAML, que é usada para configurar arquivos, projetos e configurações de página.

O Home Assistant prova ser o melhor por ter certos recursos que o OpenHAB não possui. O recurso add-on no Home Assistant torna-o impressionante devido à ampla documentação e ao processo de instalação com um clique. Além disso, não exige que você use a linha de comando durante a instalação e configuração, pois isso pode ser muito envolvente e exigente também.

Assistente doméstico vs. OpenHAB: flexibilidade

Falando em flexibilidade, o OpenHAB pode ser tão flexível quanto você gostaria, mas isso tem um custo. O sistema não é tão fácil de usar, pois são necessários muitos esforços na configuração dos arquivos. A IU da Web oferece suporte a várias coisas básicas, no entanto, as configurações confusas podem ser incômodas para os usuários. Isso o considera um pouco flexível.

Por outro lado, o Home Assistant é conhecido por matar a sede de muitos usuários. Isso se deve à presença da função de descoberta automática, que funciona muito bem. Outra grande característica deste sistema é a capacidade de prever ou adivinhar as necessidades do usuário. Com isso, acredita-se que o Home Assistant seja flexível de forma que possa atender aos desejos de muitos usuários.

Home Assistant Vs OpenHAB: Automação

Existem várias maneiras de controlar e gerenciar as regras de automação. Para Home Assistant, existe o uso de YAML (YAML Ain't Mark-up Language). Este é um padrão amigável para todas as linguagens de programação. Usando as indentações de estilo Python, YAML prova ser uma boa maneira de criar regras de automação, no entanto, pode ser difícil de usar para usuários novatos.

Além disso, há um editor de automação integrado que permite aos iniciantes criar e editar regras de automação com facilidade. Esta é uma alternativa ao YAML que parece implacável para os iniciantes. É, portanto, fácil de usar, mas ainda requer um melhor entendimento dos nomes de entidades e do conceito de chamadas de serviço.

Além disso, o Home Assistant também usa o Node-RED para gerenciar as regras de automação. Esta ferramenta é visual, rápida de mudar e implantar, portanto, oferece grande flexibilidade. O Node-RED foi originalmente desenvolvido pela IBM como uma ferramenta de desenvolvimento baseada em fluxo para programação visual. Além disso, o App-daemon é outra ferramenta poderosa usada pelo Home Assistant que usa habilidades do Python para gerenciar regras de automação. Python é muito fácil e rápido de aprender, pois você pode realizar tarefas complexas com apenas algumas linhas de código.

É mais provável que o OpenHAB lide com qualquer coisa que você queira enquanto considera a sintaxe Xbase, que é fácil de lidar. Ele também possui um bom número de ferramentas integradas para gerenciar regras de automação. Isso inclui o uso de Xtend, que é uma linguagem Java flexível e significativa que compila em uma fonte compatível com Java 8 legível.

Existe também o uso da ferramenta Blockly. Esta é uma biblioteca JavaScript do lado do cliente para a criação de linguagens de programação de bloco visual e editores. Esta ferramenta do Google fornece uma maneira fácil de criar regras de automação no OpenHAB. Assim como o Home Assistant, você também pode usar a ferramenta Node-RED, embora possa não funcionar bem como no Home Assistant.

Assistente doméstico versus OpenHAB: usuários e dispositivos compatíveis

Tanto o Home Assistant quanto o OpenHAB possuem vários dispositivos compatíveis usados ​​por vários usuários. O OpenHAB possui um grande número de usuários. Este fórum ativo tem pessoas experientes que responderão facilmente às suas perguntas. Isso fornece a facilidade de resolver um problema que surge, obtendo respostas rápidas da comunidade de usuários. Além disso, a documentação é útil para todos os tipos de usuários.

O Home Assistant também suporta o maior número de dispositivos, aproximadamente 1400 componentes. O OpenHAB por outro lado tem um número menor de dispositivos com suporte, que ronda os 800. Isso faz com que o Home Assistant ganhe mais votos, pois tem uma forma amigável de garantir o número crescente de dispositivos com suporte, ao contrário do OpenHAB.

O OpenHAB também tem um número crescente de comunidades de usuários. Obrigado ao HASS que oferece muito bate-papo na internet. O número de respostas às perguntas feitas provavelmente aumentará à medida que aumenta. Além disso, a documentação é útil para os usuários, mas precisa usar mais estrutura para satisfazer as necessidades dos usuários.

Home Assistant Vs OpenHAB: Interface do usuário

Uma interface de usuário intuitiva garante aos usuários a facilidade e simplicidade de execução de suas tarefas e funções. Portanto, é necessário selecionar uma interface de usuário que provavelmente atenderá aos seus desejos com facilidade.

O OpenHAB tem várias interfaces, incluindo Paper UI, Basic UI, bem como HABmin. Dos três, você pode escolher confortavelmente aquele que provavelmente satisfará suas necessidades. O Paper UI destina-se à administração do sistema, bem como à instalação e configuração da sua instância OpenHAB. No entanto, você terá que considerar as configurações textuais, pois a interface do usuário do Paper não cobre todas as restrições.

A IU da web envolve a IU básica, que é para dispositivos móveis baseados no Material Design Lite do Google. Além disso, existe a utilização da interface HABmin. Esta é uma interface de usuário moderna, profissional e portátil para OpenHAB que combina as funções de interface de usuário de papel e interface de usuário básica. Isso fornece funções de usuário e administrativas, como mapas de sites para usuários e utilitários de configuração para ajudar na instalação.

O Home Assistant também possui uma interface de usuário surpreendente. Envolve a visualização padrão, Lovelace, bem como o Painel de Controle do Assistente Home. Essas interfaces fornecem ao Home Assistant o melhor recurso interativo entre os usuários, portanto, o mais impressionante.

A visualização padrão é criada automaticamente após você já ter configurado os dispositivos e o autômato. Existem várias opções de personalização que você pode escolher para usar com a visualização padrão. Isso pode incluir a mudança de temas, adição de guias e cartões, bem como o uso de plantas baixas, entre outros.

Além disso, Lovelace é o novo recurso de interface do usuário que está disponível no Home Assistant. Ele oferece ótimos recursos, incluindo ser rápido, pois usa uma configuração estática para construir a IU. Também é personalizável, fornecendo aos usuários várias opções de configurações, como a capacidade de substituir nomes de entidades.

Além disso, o painel de controle do Home Assistant é uma interface de usuário com uma simplicidade visual para telefones e tablets. Este painel de controle é escrito usando uma estrutura JavaScript conhecida como AngularJS. Esta interface de usuário permite que você controle sua casa inteligente com facilidade.

Home Assistant Vs OpenHAB: Conclusão

Agora, com a extensa avaliação da arquitetura, flexibilidade, dispositivos suportados, recurso de automação e interface do usuário, entre outros recursos, você pode definir de forma clara e fácil o Home Assistant ou o OpenHAB. Isso depende da escolha que irá satisfazer plenamente suas necessidades.

Por exemplo, em termos de interface do usuário, o Home Assistant está matando o show com a interação do usuário mais impressionante. Ele também oferece uma maneira mais amigável de gerenciar o emparelhamento e um número crescente de dispositivos compatíveis. Além disso, possui um processo de instalação com um clique, juntamente com o recurso de add-ons e extensa documentação.

O OpenHAB, por outro lado, prova ser ótimo em termos de recursos de automação, interface de usuário personalizável e flexibilidade. Além disso, o OpenHAB tem uma arquitetura e um desenvolvimento rígidos e robustos que permitem trabalho e operação estáveis. Seu processo de instalação também é fácil e a interface do usuário também é boa.

Portanto, com base na comparação detalhada dos dois, não há dúvida de que você vai levar para casa a melhor plataforma de automação de código aberto que se adapta aos desejos do seu coração.